NOSSA HISTÓRIA

Histórico da FINOM   PARACATU

Introdução

No momento em que a Faculdade FINOM comemora mais de duas décadas de presença em Paracatu, o ensino superior no Brasil passa por mudanças significativas. Cursos oferecidos no sistema semi-presencial, cursos tecnológicos de curta duração, fusões de grandes grupos educacionais e novos recursos incorporados à sala de aula promovem uma verdadeira revolução na educação superior.

Quando iniciou suas atividades no município há mais de 30 anos, a FINOM também promoveu grandes mudanças na sociedade. Até então, não existia nenhuma instituição de ensino atuando na cidade. A formação superior somente era possível nos grandes centros urbanos, bem afastados de Paracatu, fato que limitava o acesso dos paracatuenses à faculdade.

Sem dúvida, a instituição contribuiu para o desenvolvimento de Paracatu ao fornecer mão-de-obra qualificada. A instalação de uma faculdade na cidade representou a concretização de um sonho para muitos cidadãos que, ao erguer o canudo na cerimônia de colação de grau, estavam cada vez mais certos de uma missão a cumprir. Com conhecimento renovado, foram protagonistas de uma grande transformação.

Nos últimos anos, a instituição adquiriu maturidade, acompanhando as tendências do setor educacional. No início das atividades, eram apenas dois cursos de nível superior. Atualmente, são 17 cursos nas modalidades bacharelado, licenciatura e tecnológico. Diferente de muitas outras faculdades, a FINOM evoluiu, adquirindo a competitividade que o mercado exige.

O incremento na oferta de cursos não foi feito de maneira aleatória. A abertura de novas frentes acadêmicas foi baseada em um detalhado estudo, que levou em consideração a vocação sócio-econômica do município. Também passamos a oferecer produtos diferenciados para atender as especificidades de determinado público (sistema de ensino à distância, cursos de pós-graduação, etc.).

Com uma quantidade significativa de cursos, milhares de profissionais já inseridos no mercado, um moderno e funcional campus e professores qualificados, nossa instituição desfruta de uma realidade confortável e vislumbra um futuro promissor. E, já nos próximos semestres, a FINOM irá oferecer novas graduações em engenharia e também cursos de nível tecnológico voltados para o mercado de trabalho.

Filosofias

 

Missão, negócio, visão e valores

Filosofias que retratam a imagem da instituição

Em tempos de profundas mudanças mercadológicas, toda e qualquer organização deve estabelecer metas e buscar resultados cada vez mais satisfatórios. E, para traçar planos, o primeiro passo seria estabelecer quais são as premissas que orientam missão, negócio, visão e valores.

Uma vez definidos, tais termos funcionam como “guias” rumo à excelência organizacional. Todavia, não é raro depararmos com casos onde missão, negócio, visão e valores são esquecidos em quadros na parede. Ali estão, estáticos e anônimos, servindo apenas como elemento de enfeite para determinado setor.

O pensamento que ganha forma por meio da “missão” é muito mais do que uma frase de efeito. O termo orienta atitudes da empresa frente às diversas realidades sociais, econômicas e culturais e deve ser seguido à risca por todos os membros que compõem a organização, desde níveis superiores até cargos operacionais.

A avaliação periódica da “missão” e a implementação de ajustes necessários a atual situação da organização devem ser uma preocupação constante por parte dos gestores empresariais, uma vez que o termo constitui uma ferramenta de extrema importância no fortalecimento de planos para o desenvolvimento empresarial.

É certo que a “missão” ganha mais força quando promove uma completa integração dos diversos setores e passa a fazer parte do cotidiano da instituição. Talvez o maior desafio seria colocar todos os colaboradores, suas posturas, suas formações pessoais e acadêmicas, em sintonia fina com o ideal da empresa.

Atualmente, a “missão” da FINOM está adequada ao momento e reflete, fielmente, o comprometimento da faculdade com o desenvolvimento do município. A organização acredita que o curso superior representa um importante mecanismo de mobilidade social e transformação de ideais. A formação superior rompe barreiras, promove mudanças na sociedade e quebra paradigmas.

Missão

Contribuir para o desenvolvimento da sociedade, promovendo um ensino de excelência, capaz de construir e reconstruir conhecimentos.

Negócio

Oferecer cursos de graduação, pós-graduação lato-sensu e extensão, formando profissionais quailificados para o mercado de trabalho, contribuindo ainda para a melhoria do setor educacional de na região

Visão

Tornar-se o maior e melhor Centro Universitário das regiões do Noroeste de Minas e Alto Paranaíba.

Valores

QUALIDADE na prestação dos serviços.
ÉTICA aplicada a todas as relações.
RESPEITO à diversidade humana, cultural e a natureza.
INOVAÇÃO e criatividade subordinadas à ética.
SUSTENTABILIDADE no sentido de que todas as ações necessárias a implementação das faculdades levem em conta o equilíbrio financeiro e a capacidade gerencial da própria instituição.
DIÁLOGO como principal ferramenta na resolução de conflitos e problemas com vista ao alcance de soluções justas. 

A primeira faculdade do Noroeste de Minas

O desenvolvimento de Paracatu está ligado à descoberta de ouro na região. Se, em outrora, o metal valioso atraiu viajantes em busca de riquezas, ainda hoje, a extração de minerais como ouro representa boa parte da arrecadação do município. Atividades agrícolas, como a criação de gado e a produção de soja e milho, também merecem destaque.

Neste contexto, a cidade ganhou status de pólo-regional, atraindo quantidade significativa de pessoas a partir da década de 80, provenientes de municípios próximos como Unaí, Guarda-Mor, Vazante e João Pinheiro. Muitos chegavam por aqui em busca de serviços médicos especializados, cursos na área da educação, lazer e diversão e também para trabalhar.

Em 1987, Paracatu ganha a sua primeira faculdade, fato reivindicado há algum tempo pela sociedade da época. Em 31 de agosto, a Faculdade do Noroeste de Minas (FINOM) iniciava suas atividades no município, oferecendo os cursos de Pedagogia e História. As primeiras aulas aconteceram no prédio da atual Escola Estadual Temístocles Rocha, localizada bem no centro do município, próximo ao Terminal Rodoviário.

O curso de Pedagogia contava com as habilitações em Administração de 1° e 2° graus (licenciatura curta e plena), Supervisão Escolar de 1° e 2° graus (licenciatura curta e plena), e Magistério das Matérias Pedagógicas de 2° grau (licenciatura plena). Já o curso de História, além da licenciatura plena na área, permitia ainda a habilitação em Estudos Sociais (licenciatura curta).

O fato de Paracatu ser considerada uma cidade histórica foi decisivo na opção pelo curso de História. Além disso, na época, a cidade possuía quantidade expressiva de professores atuando no mercado sem formação. Tal situação favoreceu a escolha pela abertura do curso de Pedagogia. As primeiras seleções foram bastante disputadas, sendo que a faculdade chegou a receber quase mil inscrições em um único vestibular.

Pedrina Pereira Viana, Angélica Pereira da Costa e Maria Viana foram as idealizadoras da FINOM. Competentes e dedicadas educadoras do município, tinham um sonho: erguer uma grande instituição de ensino. E, juntamente com José Wenceslau, Nadyr Fagundes, Cassiano Viana, José Neiva, Paulo Vieira, Paulo Vieira Júnior, Therezinha Luzia de Jesus e Dorival Lourenço, conseguiram concretizar o antigo desejo.

Na época, não havia melhor realidade para o surgimento de uma instituição de ensino superior em Paracatu. A ausência de faculdades na cidade, o movimento intenso de habitantes de cidades próximas, a economia em expansão e a expressiva quantidade de professores atuando em escolas e colégios sem formação específica na área foram aspectos que favoreceram o surgimento da Faculdade do Noroeste de Minas.

 

Primeiras turmas de formandos

As aulas das primeiras turmas dos cursos de História e Pedagogia da FINOM aconteceram nas dependências da escola Temístocles Rocha. Algumas salas e também uma pequena biblioteca eram utilizadas pelos alunos que assistiam às aulas durante toda a semana e também aos sábados.

Logo quando iniciou as atividades em Paracatu, a procura pelos cursos da nova instituição de ensino foi grande. Já em 1987, ano de início das aulas, existiam três turmas matriculadas no curso de Pedagogia e duas na História. A partir de então, a faculdade passou a receber alunos de várias cidades próximas que buscavam no curso superior uma melhor formação para o mercado de trabalho.

Os professores que atuaram junto às primeiras turmas eram, na maioria, cidadãos paracatuenses. Também existiam profissionais de outras cidades e até de outras regiões do país. Muitos possuíam apenas a graduação em suas áreas de atuação, sendo que a docência no ensino superior estimulou ao aperfeiçoamento da formação.

A primeira cerimônia de colação de grau aconteceu  dois anos após o início das aulas, em 1989. Na ocasião, colaram grau as turmas das licenciaturas curtas em Estudos Sociais, Administração e Supervisão Escolar. Em 1991, aconteceu uma nova cerimônia de formatura, agora com as turmas de História, Magistério, Supervisão Escolar e Administração (licenciaturas plenas).

Muitos dos ex-alunos das primeiras turmas dos cursos de História e Pedagogia são, atualmente, professores e diretores de escolas da rede pública e particular de ensino. Vários continuaram os estudos, concluindo cursos de pós-graduação, especialização, mestrado e doutorado.

 

Histórico da FINOM  PATOS DE MINAS

 

 

A Faculdade FINOM de Patos de Minas, credenciada pela Portaria nº 1.821, de 30 de dezembro de 2011, publicada no Diário Oficial da União (D.O.U) do dia 02 de janeiro de 2012, seção 1, página 8, é uma instituição particular de ensino superior, integrante do Sistema Federal de Ensino, tem sua sede em Patos de Minas, Estado de Minas Gerais, é mantida pelo Centro Brasileiro de Educação e Cultura Ltda. – CENBEC, sociedade civil, com fins lucrativos, com sede e foro à Rodovia MG 188, Km 167, s/nº, bairro Fazendinha, na cidade de Paracatu-MG, CEP 38600-000, com última alteração e consolidação do contrato social registrado na Junta Comercial do Estado de Minas Gerais sob nº 4332794, em 15/04/2014.

O Centro Brasileiro de Educação e Cultura Ltda. – CENBEC já mantém a Faculdade do Noroeste de Minas – FINOM, com sede na cidade de Paracatu, no Estado de Minas Gerais, que teve seu início de funcionamento em 1987, e possui, portanto, larga experiência na oferta do ensino superior. Ministra, atualmente, os cursos de graduação em Agronomia, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Minas, Engenharia de Produção, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica, Geologia, Geografia a Distância, História a Distância, Pedagogia Presencia, Pedagogia a Distância, Matemática e Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes – Resolução CNE 02/97, todos devidamente autorizados e muitos já reconhecidos.

A Faculdade FINOM de Patos de Minas iniciou seu funcionamento no ano de 2012 e, atualmente, ministra os cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica, todos presenciais.

 

 

LiveZilla Live Chat Software